NOVO HAMBURGO

27°C

Publicidade

Moradores de Novo Hamburgo conseguem sair de ilha devastada por furacão em avião da França

Casal e filha estão se recuperando de dias de aflição e fizeram contatos com familiares no Rio Grande do Sul

11 de Setembro, 2017 às 19:08

Trio conseguiu se comunicar com a família e está na ilha de Martinica. Arquivo pessoal

Parte do pesadelo vivenciado por uma família moradora de Novo Hamburgo começa a chegar ao fim. O que era para ser uma viagem de férias se transformou em dias de aflição, tensão e angústia. O casal Rafael Dazemone Forno e Mariana Fischer, juntamente com a filha Giovana, 3 anos, todos moradores de Novo Hamburgo, conseguiram deixar a ilha de Saint Martin, no Caribe, que foi destruída pelo furacão Irma no meio da semana passada.


Eles foram resgatados por um avião da França e levados para a ilha de Martinica, também no Caribe, mas que não sofreu com a temporada de furacões. “Eles fizeram contato com a gente nesta segunda-feira. Estão seguros, num hotel. Tomaram banho, estão num quarto e mais tranquilos”, conta a hamburguense Fernanda Fischer, prima de Mariana. Foi ela que mobilizou vários familiares e amigos para difundir a notícia de que o trioi estava incomunicável há alguns dias, até para pressionar as autoridades brasileiras a acelerar o resgate.


Como o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) ainda não tinha chegado nesta segunda-feira, a família conseguiu embarcar na aeronave com bandeira francesa em razão da dupla nacionalidade de Rafael e Giovana. “Eles têm cidadania italiana e isso facilitou esse embarque”, comenta Fernanda.


A partir de agora, o trio começa a planejar o retorno para o Estado a partir da oferta de voos e conexões disponíveis no momento, já que centenas de pessoas de diferentes países estão querendo retornar para seus lares. Rafael trabalha como auditor da Receita Federal em Novo Hamburgo e ela é médica ginecologista. Mariana ainda está grávida de 4 meses. Eles são de Caxias do Sul, mas por questões profissionais vieram para o Vale do Sinos.


Publicidade


Outros brasileiros também estão conseguindo escapar em aeronaves de outros países. É o caso da youtuber brasileira Lorrayne Mavromatis, de Ribeirão Preto (SP). Ela e o marido moravam há um ano em Saint Martin e foram levados para Porto Rico em aeronave da Força Aérea Americana. Eles têm cidadania norte-americana.


Neste domingo, o Portal Martin Behrend publicou reportagem destacando que o trio de moradores de Novo Hamburgo ainda estava incomunicável. A falta de informações e a demora do governo brasileiro em tomar atitudes - diferentemente de outros países - deixaram os familiares bastante preocupados: http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/id/3564/titulo/familia-moradora-de-novo-hamburgo-esta-incomunicavel-em-ilha-do-caribe-apos-passagem-de-furacao.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS