NOVO HAMBURGO

21°C

Publicidade

Loja de produtos naturais inaugura segunda franquia e planeja 12 novas unidades no próximo ano

O dia 12 de setembro marca a inauguração da franquia de Canoas, a segunda da marca após Porto Alegre

12 de Setembro, 2017 às 16:40

Uma das características da loja Divina Terra é a venda a granel de produtos e especiarias. Divulgação

Referência em alimentação saudável, a Divina Terra desconhece a palavra crise. Reflexo de planejamento, investimentos em qualificação, bom atendimento e muita dedicação, a loja especializada em produtos naturais vem tendo em 2017 um ano especial. Com matriz em São Leopoldo e filial em Novo Hamburgo, a Divina Terra está abrindo nesta terça-feira (12 de setembro) a sua segunda franquia. É a Divina Terra Express, em Canoas. A primeira franquia foi inaugurada em abril deste ano em Porto Alegre, no formato de mega store, e sendo a maior do segmento no Sul do Brasil, com 350 metros quadrados.


Quem acompanha o trabalho da Divina Terra atesta que esse crescimento não é obra do acaso. Embora parte da população esteja procurando alimentos mais saudáveis e nutritivos, e isso é um fato a ser considerado, a loja vem empenhando investimentos e esforços para trabalhar com os melhores fornecedores do mercado.


A reportagem do Portal Martin Behrend conversou com um dos sócios da Divina Terra, Marcos Costacurta. Ele conta os planos de expansão da marca.


Por que escolher Canoas para esta segunda franquia?

Por ser uma das maiores cidades do RS e que está crescendo muito, inclusive com a chegada do ParkShopping Canoas, toda a região ao redor, está dobrando de tamanho.


Publicidade


Qual o formato da loja?

A loja de Canoas terá um modelo um pouco diferente das demais. É uma loja mais compacta com mais ou menos 60m², com 70% dos itens cadastrados ( terá aproximadamente três mil itens) e por isso leva o nome de Divina Terra Express.


Tem mais alguma expansão em 2017, ou se tiver, será em 2018?

Sim, ainda neste ano vamos abrir uma franquia em Florianópolis, está em fase de escolha de ponto. Pode ser que teremos mais uma aqui no Estado também ainda este ano (em negociação). Para 2018, o projeto é de 12 novas unidades nas regiões Sul e Sudeste.


Como percebe a movimentação econômica dos clientes? Está melhorando neste segundo semestre?

Teve, sim, uma melhora no segundo semestre. Apesar de ter passado por toda crise sem notá-la, tivemos um crescimento muito acima do mercado, inclusive bem acima do nosso setor que teve pequeno crescimento também devido à conscientização da população em consumir produtos saudáveis. Mesmo com a crise, nunca paramos de investir em melhorias, na qualidade e no marketing.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS