5

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies, termos e políticas do site. Leia mais. ACEITAR

NOVO HAMBURGO

5°C

Publicidade

Deboche: durante retirada de toneladas de lixo irregular, moradores despejavam mais

Prefeitura de Novo Hamburgo gasta cerca de meio milhão de reais com recolhimento de lixo irregular

12 de Maio, 2022 às 13:57

Ação de limpeza ocorreu às margens da ERS-239, em Novo Hamburgo, onde placam orientam sobre lixo irregular

A Prefeitura de Novo Hamburgo, através de uma ação das secretarias do Meio Ambiente (Semam) e de Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários (Semopsu), fez nova retirada de dezenas de toneladas de lixo irregular em lugar conhecido por agressões ao meio ambiente.


A movimentação ocorreu às margens da rodovia ERS-239, perto do Teatro Feevale, tendo início nesta quarta-feira (11) e sendo finalizada nesta quinta-feira (12).


Foram retiradas dezenas de toneladas de lixo depositadas de forma irregular junto da rodovia estadual. Nos trabalhos de limpeza em um trecho de 800 metros da rodovia, na altura da Rua Pastor Gustav Nordlund, no bairro São José, foram utilizados seis caminhões e duas retroescavadeiras.


A reportagem do Portal Martin Behrend esteve acompanhando o trabalho das equipes, na manhã desta quinta-feira. Foi realizada uma Live da movimentação dos caminhões, que pode ser conferida aqui (Facebook do Portal Martin Behrend): https://fb.watch/cYJLaxXsE0/


Em conversa com os servidores da Prefeitura durante esta manhã, foram relatadas situações que são verdadeiros deboches. Enquanto era feita a retirada da sujeira, moradores seguiam chegando e largando outros resíduos. Uma senhora tirou de dentro do carro uma parte de um móvel, jogou no acostamento, acelerou e foi embora.


Na foto abaixo está o registro - que também está no vídeo. Toda a lateral da rodovia já estava limpa do dia anterior, e no destaque da foto esta a parte do móvel atirada no local já começando a criar o "novo lixão".



Em outro caso, um senhor fez algumas viagens com carrinho de mão com entulhos e outros materiais. Ele simplesmente virava o carrinho ao lado da rodovia, indiferente ao trabalho e orientação das equipes, e também sem qualquer preocupação com os alertas das placas. Existe foto registrando o homem porcalhão. Também há o relato de que moradores de cidades vizinhas, conhecedores do pequeno lixão no trecho, se aproveitam da situação e descartam muita porcaria no local.


Na foto abaixo está um registro feito pela reportagem, na manhã desta quinta-feira, em um córrego bem ao lado da ERS-239, no acesso ao bairro São José.



HISTÓRICO


Esse local tem um triste histórico de agressão. Em junho de 2020, o Portal Martin Behrend esteve na ERS-239 e fez a seguinte reportagem: "Até flores foram queimadas: área recuperada pela Prefeitura volta a se transformar em lixão". Na matéria, é destacado que o trecho foi limpo e revitalizado em 2019, mas poucos meses depois já tinha se transformado- novamente - um lixão.


As matérias realizadas neste mesmo local podem ser relembradas aqui: https://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/...


Publicidade


MEIO MILHÃO


Cerca de dois milhões de quilos de lixo são retirados das ruas de Novo Hamburgo por mês. No município existem cerca de 49 pontos que foram detectados como críticos e utilizados como locais de descarte irregular. “Gastamos cerca de R$ 500 mil por mês para retirar esse lixo descartado irregularmente das ruas. Esse valor poderia ser gasto em outras ações, como obras pela cidade”, explica a titular da Semopsu, Greyce da Luz.


A diretora de Limpeza Urbana da Semam, Cristiane Hermann, relata que só com a conscientização da população poderá diminuir a situação apresentada. “Estamos todos os dias enxugando gelo, sempre voltando aos mesmos lugares onde já foram limpos. Precisamos dessa sensibilização da comunidade de entender que existem dois Ecopontos em nossa cidade”, solicita.


Novo Hamburgo conta com dois Ecopontos: nos bairros Canudos e Santo Afonso. É urgente planejar mais locais de descartes em diferentes regiões da cidade - pelo menos, mais quatro endereços. É necessário aproximar a população das áreas corretas de descarte.


NADA JUSTIFICA a sujeira, a podridão, a falta de carinho que esses moradores têm com seus bairros. Agora, o município pode acelerar esse processo de educação e de criação de rotinas estruturando mais Ecopontos com servidores atuando e auxiliando na orientação.


Uma outra ação urgente: fiscalização exemplar com multas pesadas. Fiscalizar, aplicar multa - quando confirmado o crime ambiental - e divulgar ao máximo as ações para a comunidade. A educação pode começar pelo bolso.


Publicidade


DESCARTE CORRETO


O depósito irregular de lixo é crime ambiental de acordo com a Lei nº 9.605/98, passível de punições. A população hamburguense pode contribuir com uma cidade melhor e minimizar os problemas com lixo, sendo consciente no destino dos materiais.


A Prefeitura disponibiliza dois Ecopontos para o descarte correto dos resíduos de pequenas construções, móveis sem condições de uso e galhos oriundos de podas autorizadas.


DENÚNCIAS


Para contribuir no combate aos descartes irregulares, a população pode denunciar, em caso de flagrante, por meio do telefone 3097-1990, de segunda-feira a sexta-feira, das 9 às 17 horas.


A denúncia também pode ser feita por meio do número do plantão da fiscalização ambiental, no telefone 99645-7266, das 19 às 23 horas, nas sextas-feiras, nos sábados das 12 às 23 horas, e nos domingos das 12 às 21 horas.


Demais casos de entulhos em lugares irregulares, os moradores podem abrir um protocolo de solicitação da retirada pelo telefone 3097-9400 e o 3097-9401.


Ecoponto Zona Leste (Canudos)

Endereço: Rua Estocolmo, 80. Aberto de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h, e aos sábados, das 7h ao meio dia.

Tipos de Resíduos: Resíduos de pequenas construções, móveis sem condições de uso e galhos oriundos de podas autorizadas.


Publicidade


Ecoponto Zona Sul (Santo Afonso)

Endereço: Avenida Montevidéo, 520. Aberto de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h, e aos sábados, das 7h ao meio dia.

Tipos de Resíduos: Resíduos de pequenas construções, móveis sem condições de uso e galhos oriundos de podas autorizadas.


LIXO ELETRÔNICO E LINHA BRANCA


Quanto ao descarte de eletrônicos, que não podem ser descartados nos Ecopontos, a cooperativa Univale, ligada ao Programa de Gestão de Resíduos Sólidos (Catavida), executa serviços de recolhimento de lixo eletrônico (computadores, impressoras, televisores, telefones celulares e baterias, etc) e também itens da linha branca (geladeira, freezer, fogão).


Para agendar a retirada dos materiais e mais informações sobre o recolhimento, a população pode ligar para o número 98504-6931.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS