5

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies, termos e políticas do site. Leia mais. ACEITAR

NOVO HAMBURGO

5°C

Publicidade

Novo Hamburgo recebe apoio do Exército para combater a dengue

Militares começaram a visitar residências e ajudar no repasse de informações

18 de Maio, 2022 às 07:45

Soldados do Exército Brasileiro passaram a reforçar as ações de combate à dengue em Novo Hamburgo.


Um grupo de cerca de 20 militares desembarcou na manhã desta terça-feira (17) para dar início ao reforço, conforme tratativas com a Secretaria Municipal de Saúde apoiadas pelo secretário municipal de Segurança, Roberto Jungthon, que é general de reserva.


Segundo o secretário municipal de Saúde, Marcelo Reidel, a proposta é intensificar as visitas domiciliares e repassar informações aos moradores sobre o mosquito Aedes aegypti (biologia da espécie, locais propícios de serem criadouros, doenças relacionadas, formas de transmissão do vírus). “Eles também irão acompanhar o morador em uma rápida vistoria em seu pátio, verificando a presença de larvas em todos os locais com acúmulo de água, além de ajudar a limpar estes locais”, antecipa Reidel.


Publicidade


RECEPÇÃO


Na manhã desta terça-feira, os soldados foram recebidos no Centro Administrativo Leopoldo Petry para uma breve capacitação juntamente com as equipes do Projeto da Dengue (realizado em parceria com a Universidade Feevale).


Após a capacitação, as equipes e os militares seguiram para visita às primeiras casas no bairro Canudos. Houvedistribuição de panfletos explicativos aos moradores. Dentro dos pátios, foram verificados locais como pratos de plantas, ralos, baldes, brinquedos, lixos e pneus e posterior limpeza.


Publicidade


A proposta é que o Exército se some ao pessoal das equipes do Projeto Dengue, ampliando a área de atuação na cidade. Após a prática supervisionada, o Exército poderá trabalhar em locais diferentes daqueles do Projeto da Dengue, abrangendo mais áreas ao mesmo tempo. Inicialmente, a parceria está prevista para durar três semanas, mas o prazo poderá ser ampliado.


A atuação terá como prioridade os bairros Santo Afonso e Canudos. Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Novo Hamburgo



Publicidade

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS